0
Posted 02/03/2013 by fecomciencia in Saúde e Doenças
 
 

Meu filho está fora do peso ideal. O que faço?

p1
p1

O ideal é que a criança tenha uma alimentação saudável, equilibrando os diferentes tipos de alimentos com uma prática regular de atividades físicas.

Os alimentos que devem fazer parte da dieta de seu filho são:

  • Alimentos reguladores: vitaminas, minerais e fibras (encontrados nas frutas, verduras e legumes).
  • Alimentos energéticos: carboidratos (presentes nos cereais, pães, macarrão, gorduras, etc).
  • Alimentos construtores: ricos em proteínas, cálcio e ferro (leite, feijão, lentilha, soja, etc).

Não está proibido comer sanduíches, pizzas, chocolate e outras guloseimas, mas estes devem ser consumidos com moderação. As crianças precisam da ajuda dos pais para conscientizá-las a ter uma alimentação saudável.

Noventa por cento dos casos de obesidade infantil são devidos a hábitos alimentares incorretos e à falta de atividades físicas regulares. Apenas 10% deles são causados por problemas metabólicos e endócrinos. Caso os pais observem que a criança está acima do peso, o ideal é levá-la a um pediatra para verificar a causa do problema e estabelecer um plano de tratamento e de reconstrução de hábitos.

No caso das crianças que estão abaixo do peso ideal, ou mesmo desnutridas, a intervenção nutricional deve considerar tanto as necessidades imediatas da criança como as possibilidades sociais, econômicas e emotivas da família que estejam interferindo nesta situação. Apesar da grande importância da situação socio-econômica da família no estabelecimento do estado nutricional, os erros e os tabus alimentares também têm um papel significativo.

A avaliação clínica e a antropometria são ideais para fornecer informações sobre o estado nutricional de uma criança. O diagnóstico nutricional permite o delineamento de uma estratégia de intervenção junto a esta criança que está fora do peso ideal.

Somente um especialista pode avaliar o crescimento da criança. Ela pode estar fora da “faixa mais comum de referência” e, ainda assim, ter um crescimento normal. Portanto, se você visualizou, nos gráficos traçados de acordo com o padrão desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde, que seu filho está fora do peso ideal, procure um pediatra.